Workshops

19/03
20/03
21/03
22/03
Telessaúde na enfermagem
PT Meeting Center
Sala Academia 2
19 March 2018
10.00 - 12.30
João Oliveira, Rafael Franco, Pedro Simões, João Silva, Fernando Gomes da Costa, Patrícia Loureiro, Cristiana Maia

Enquadramento

A Telessaúde é uma área que tem registado grande evolução desde dos anos 90. As iniciativas nacionais e internacionais têm sido cada vez mais e, nos dias de hoje, a Telessaúde é uma prática frequente e fortemente reconhecida na prestação de cuidados de saúde.

A utilização das tecnologias de informação e comunicação permitem, na saúde, que se ultrapassem barreiras geográficas, acelerem processos e facilitem o acesso aos diversos serviços. Porém, a integração dos cuidados de saúde com a tecnologia conduzem-nos a novos desafios, dos quais necessitam de ser enquadrados no atual quadro legal. A ampliação da Telessaúde, a nível nacional, requer reflexão e análise de questões relacionadas com proteção de dados, questões éticas, assim como a segurança e a qualidade clínica desta prática. Torna-se fundamental para o seu crescimento o esclarecimento de dúvidas, a desmistificação de mitos e o reforço das suas vantagens clínicas juntos dos prestadores de saúde.

É na base deste contexto que propomos este Workshop dirigido aos profissionais de enfermagem que pretendam desenvolver competências na prestação de cuidados com recursos às tecnologias de informação e comunicação.

Objetivos

  • Formar profissionais de enfermagem para a utilização de tecnologias de Telessaúde e em novos modelos de serviços de prestação de cuidados;
  • Capacitar os enfermeiros na interação com o cidadão utilizando as ferramentas tecnológicas e digitais;
  • Capacitar para o contributo no desenvolvimento de soluções de Telessaúde;
  • Sensibilizar os enfermeiros para a investigação tecnológica/digital na saúde;
  • Motivar os enfermeiros para a prática de Telessaúde nos contextos clínicos.

Programa

  • Introdução à Telessaúde
  • Sistemas de Informação e Comunicação: tecnologias digitais e móveis
  • Competências de comunicação em Telessaúde
  • Qualidade e segurança clínica na Telessaúde
  • Aplicabilidade da Telessaúde (TeleTriagem; TeleConsulta; TeleCuidados; TeleReabilitação; TeleMonitorização)
  • Futuro da Telessaúde
Preparar o futuro: Inteligência artificial para a saúde pública
PT Meeting Center
Sala Academia 2
19 March 2019
14.30 - 17.00
Cátia Pinto, Bruno Emanuel Martins

Enquadramento

A big data e a Inteligência artificial são uma realidade incontornável no domínio dos sistemas de informação de saúde.

A transformação digital da saúde assenta na promessa de evolução da medicina, do planeamento da saúde e da vigilância da saúde pública através da utilização de ferramentas digitais revolucionárias para as quais o cérebro humano era considerado necessário.

Neste workshop serão exploradas as dimensões da inteligência artificial na sua aplicação em saúde pública e as implicações do grande volume de dados gerados em tempo real na transformação da prevenção e controlo da doença na população portuguesa.

Programa

  • Inteligência artificial: principais conceitos
  • Vigilância de saúde em tempo real na era da big data
  • Epidemiologia digital
  • Secondary patient records, virtual patient cohorts e virtual trials
  • Exemplos de aplicação em saúde populacional
Os Desafios do Ensino à distância na área da saúde
PT Meeting Center
Sala Academia 1
19 March 2019
10.00 - 12.30
João Filipe Matos, Carolina Amado, Nikoletta Agonács, Nuno Oliveira

Enquadramento

Na era das tecnologias digitais e baseadas na web, o fluxo da informação teve um forte crescimento contribuindo para um desenvolvimento tecnológico rápido em várias áreas da saúde.

Para os profissionais de saúde poderem competir nesse contexto devem informar-se e atualizar-se continuamente de uma forma rápida e eficaz. A formação online e à distância constitui um meio viável para ir ao encontro daquelas necessidades nalguns setores da saúde. Neste sentido, é fundamental que os profissionais de saúde tenham informação e compreendam aquilo que está envolvido na formação a distância nessa área profissional.

O objetivo deste workshop é sensibilizar a comunidade ligada às várias áreas da saúde para a importância da formação a distância como meio de aprendizagem contínua e ao longo da vida. Adicionalmente, pretende-se analisar desafios e eventuais obstáculos ligados às decisões acerca de conceção e design de cursos online e a distância e à natureza dos recursos disponíveis para esse fim.

 

Programa

  • Recursos Disponíveis
  1. Recursos tecnológicos, humanos, intelectuais e infraestrutura (equipamento e plataformas)

 

  • Decisões de design
  1. Audiência, abordagem pedagógica, objetivos e competências, conteúdos e avaliação
Gestão de Projetos numa Perspetiva de Transversalidade
PT Meeting Center
Sala Academia 1
19 March 2019
14.30 - 17.00
Carla Barros

Enquadramento

Na procura de melhores resultados, um gestor de projetos deverá utilizar as melhores práticas para alcançar os seus objetivos.

É neste contexto que o conceito de gestão de projetos assume um papel preponderante e uma ferramenta essencial para atingir tais propósitos. A gestão de projetos define-se pela aplicação de estratégias, ferramentas e habilidades visando melhorar as técnicas de controlo de custos, prazos, padrões de qualidade e objetivos do projeto.

O objetivo deste workshop é apresentar a importância da gestão de projetos de forma transversal nas mais diversas áreas e em grandes eventos como as Olimpíadas e o eHealth Summit.

 

Programa

  • O que é projeto e a gestão de projetos
  • O papel do gestor de projetos
  • A importância da gestão de projetos
  • Metodologias de gestão de projetos
  • Exemplos de gestão de projetos no mercado de trabalho e em grandes eventos
  • Histórias de casos de sucesso
  • Histórias de Lições aprendidas
  • Questões
Introdução à Roboterapia e Tecnologias Avançadas em cuidados de saúde
PT Meeting Center
Sala Academia 3
20 March 2019
10.00 - 12.30
Takanori Shibata, Ana Nunes Barata, Júlia Lopes Oliveira, Ana Antunes

Enquadramento

A Robótica e as Tecnologias Avançadas podem ser utilizadas na área da Saúde e potenciar a qualidade da prestação de cuidados em saúde.

Considerando a importância e as potencialidades que a utilização das tecnologias inovadoras podem ter na melhoria das terapêuticas e cuidados de saúde, com ganhos significativos para os utentes e prestadores de cuidados, pretende-se com o presente workshop apresentar e trazer a debate alguns casos de sucesso na utilização destas tecnologias, nos vários níveis de cuidados: primários, hospitalares e sociais.

 

Programa

  • Apresentação de um robot social (PARO)
  • A Robótica Social nos cuidados de saúde primários
  • A Robótica Social nos cuidados de saúde hospitalares: O caso do Hospital de Ovar
  • A importância da Robótica em instituições sociais de saúde – O exemplo da Casa de Saúde de Idanha
  • Espaço para debate
A Saúde e os Municípios – como se podem articular autarquias, cuidados de saúde primários e comunidade
PT Meeting Center
Sala Academia 1
20 March 2019
14.30 - 17.00
Nuno Veludo, Miguel Pacheco, Marlene Silva, Ana Dinis, Filipa Morgado, Luís Mendão, Rui Tato Marinho, Joaquim Fonseca, Cristiano Figueiredo, Andreia Coelho, Lurdes Rodrigues, Ricardo Fuertes, Joana Pires

Enquadramento

Os municípios não sendo entidades definidoras de políticas públicas de saúde, são os primeiros a dever promover a saúde e qualidade de vida dos seus munícipes, seja no proporcionar das melhores condições ambientais e sociais, seja na colaboração ativa e concreta com os serviços do Serviço Nacional de Saúde.

É entre o conhecimento e a capacidade concreta de mudar os contextos locais que surge a mais valia da atuação de um município nos determinantes de saúde, onde a correta articulação com o SNS fará amplificar os ganhos em saúde da população.

Desde o envelhecimento ativo, às realidades socioeconómicas mais vulneráveis, passando pela articulação de projetos comunitários com o Estado, os municípios tornam-se os agentes cruciais na implementação de estratégias de saúde nacionais. Esta sessão permitirá perceber o que já está a ser feito em Lisboa e quais são os próximos passos para uma melhor saúde no Município de Lisboa.

Programa

  • Envelhecimento ativo (atividade física, alimentação saudável e literacia) – Projeto Lisboa +55
  • Inovação na área das Hepatites virais e VIH
  • Prescrição Social
SNS 24 | Proximidade Sénior & o futuro dos cuidados à pessoa idosa
PT Meeting Center
Sala Academia 3
20 March 2019
14.30 - 16.30
Mariana Leitão Marques, Rafael Franco, João Rodrigues, Maria Cortes, Helena Relvão

Enquadramento

A maior longevidade e o consequente envelhecimento da população resultam da melhoria significativa de condições de vida dos países, das políticas de saúde e dos seus sistemas de assistência. O processo de envelhecimento é assim diferente se comparados países, populações e especialmente na comparação entre indivíduos.

Em Portugal o índice de envelhecimento tem registado um aumento significativo ao longo dos anos, passando de 55% em 1987 para 153,2% em 2017 (PORDATA, 2017). No que diz respeito à esperança média de vida à nascença, encontra-se nos 77,7 anos para o sexo masculino e para o sexo feminino situa-se nos 83,4 anos (PORDATA, 2016). Estes dados traduzem-se, inevitavelmente, numa contínua necessidade de adaptação das organizações para fazer face aos novos desafios da sociedade.

Tal como outros países, Portugal tem vindo a implementar diversas estratégias na tentativa de promover o envelhecimento ativo e saudável da população, enquadrado nas propostas de ação da União Europeia e da Organização Mundial de Saúde.

Com a proximidade dos serviços de saúde às populações a quem prestam cuidados pretende-se melhorar a prevenção em saúde e contribui para o bem-estar do cidadão. A telessaúde surge assim como forma de enriquecer o modelo de prestação de cuidados, permitindo a aproximação de pessoas e instituições.

Objetivos

  1. Apresentar o projeto Proximidade Sénior (projeto-piloto desenvolvido pelo SNS 24, ACES Porto Oriental e ACES Oeste Sul);
  2. Abordar a prestação de cuidados a pessoas idosas atualmente realizadas pelas unidades funcionais de saúde;
  3. Disponibilizar espaço de discussão entre profissionais, instituições e utentes para perspectivar o futuro da abordagem das instituições de saúde perante as alterações demográficas verificadas.


Apresentação do projeto – Proximidade Sénior
Programa

  1. Contextualização do workshop e a importância no atual contexto da Saúde / Telessaúde em Portugal
  2. O desenho e os objetivos do projeto Proximidade Sénior
  3. O envelhecimento e a fragilidade
  4. A tecnologia e a prestação de cuidados às pessoas idosas

O cuidar da pessoa idosa

  1. A prestação de cuidados a pessoas idosas nas unidades funcionais do ACES Oeste Sul
  2. O envolvimento no projeto Proximidade Sénior
  3. A prestação de cuidados a pessoas idosas nas unidades funcionais do ACES Porto Oriental
  4. O envolvimento no projeto Proximidade Sénior

Espaço de debate

  1. Discussão em formato de círculo de reflexão/laboratório de ideias
MySNS Carteira e SDK – desenvolve a tua app
PT Meeting Center
Sala Academia 1
20 March 2019
10.00 - 12.30
Rui Pereira

Enquadramento

Nos dias de hoje, é inegável que vivemos numa era em que os telemóveis estão cada vez mais presentes na nossa vida e já recorremos a este tipo de dispositivos para gerir a maior parte dos assuntos da nossa vida pessoal.

Porque tem a nossa saúde de ser diferente? Porque não podemos ter a nossa informação de saúde disponível connosco?

A MySNS Carteira surge para dar resposta a esta necessidade, uma aplicação móvel que cada cidadão pode ter instalada no seu smartphone e escolher a informação que quer ter consigo como por exemplo, guias de tratamento, vacinas (já administradas e futuras), alergias, entre outras. Para isto ser possível, foi preciso instaurar uma mudança de paradigma, em que os serviços de saúde deixaram de se encontrar fixados nos limites físicos dos centros de saúde, consultórios ou hospitais, para passarem a se movimentar com o cidadão.

 

Programa

  • Abordar sucintamente o atual funcionamento da MySNS Carteira e as suas principais funcionalidades;
  • Expor os próximos desafios/desenvolvimentos previstos no roadmap desta App;
  • Apresentar a solução para o desenvolvimento de novos cartões por programadores/startups/instituições de saúde.

 

Escrita científica de artigos de informática médica (parte 1)
PT Meeting Center
Sala Academia 2
21 March 2019
10.00 - 12.30
Heimar de Fátima Marin

Enquadramento

Os estudos e experiências científicas são fundamentais para dar a conhecer à comunidade académica e profissional as conquistas e os desenvolvimentos sobre determinado objeto de estudo.

A temática da escrita científica e a elaboração de artigos está associada à produção de informação e à construção de conhecimento feito através da investigação. Deste modo, a redação de artigos científicos é um elemento fundamental para dar a conhecer as conquistas sobre determinado tema/conceito em análise. É na base deste enquadramento que se pretende refletir sobre a importância da escrita científica, dando particular destaque aos artigos integrados na área da informática médica.

Programa

  • A importância da apresentação de artigos científicos
  • As revistas científicas e análise de Submission Guidelines
  • O modelo estrutural de um artigo científico
  • Casos práticos
Modelação de processos em BPMN (Business Process Modeling Notation)
PT Meeting Center
Sala Academia 1
21 March 2019
10.00 - 12.30
Carla Marques Pereira

Enquadramento

Durante os últimos anos, a visão orientada para os processos evoluiu como um importante paradigma para a estruturação de organizações onde os processos de negócios desempenham um papel importante.

As linguagens ou notações para a modelação de processos de negócios são um domínio específico que descreve os processos de negócios de maneira compreensível para os humanos ou máquinas, sendo utilizadas essencialmente para fins de comunicação entre os participantes do processo de negócios, a fim de discutir e definir os comportamentos associados aos processos de negócios com exatidão.

Este workshop tem como objetivo dotar os participantes de conhecimento sobre a modelação de processos, recorrendo à notação BPMN (Business Process Model and Notation), especificamente:

  • Identificar as necessidades de negócio no contexto de uma área organizacional;
  • Definir hierarquia de processos de negócio;
  • Modelar processos de negócio recorrendo à notação BPMN

 

Programa

  • Processo de negócio: Definição
  • Como modelar processos de negócio?
  • Apresentação do BPMN
Comunicação em Saúde: Noções e Estratégias na Disseminação da Informação
PT Meeting Center
Sala Academia 2
21 March 2019
14.30 - 17.00
Maria Amélia Ferreira, Elizabete Loureiro, Afonso Miguel Cavaco, Jorge Jorge, Teresa Casal

Enquadramento

É cada vez mais necessária uma comunicação em saúde efetiva.

As instituições recorrem a diferentes tecnologias para promoverem a disseminação de conteúdos de saúde. É importante que os profissionais de saúde adquiriam competências, para corresponder às necessidades e perfis das pessoas a quem prestam cuidados.

O aspeto mais distintivo da comunicação em saúde é a Comunicação Clínica. Constituiu o maior desafio de comunicação em saúde, nas práticas pedagógicas e na clínica.

Este workshop aborda estes aspetos, num modelo de interatividade com exercícios práticos.

 

Programa

  • Apresentação e introdução do tema – Maria Amélia Ferreira | SCMMC/FMUP
  • Comunicação e Marketing em Saúde: um novo desafio, para um novo futuro – Jorge Jorge |CHSJ
  • Noções básicas de comunicação em saúde – Afonso Cavaco | FFUL
  • Comunicação clínica – Elizabete Loureiro | FMUP
  • Comunicação, narrativa e medicina – Teresa Casal | FLUL
Modelos Preditivos na Deteção da Fraude
PT Meeting Center
Sala Academia 1
21 March 2019
14.30 - 17.00
Guilherme Ramos Pereira, Gil de Moura Cota, Carla Miranda

Enquadramento

Análises preditivas usam dados, algoritmos estatísticos e técnicas de machine learning para identificar a probabilidade de resultados futuros, a partir de dados históricos. Para além do uso tradicional de dados estruturados, a incorporação de dados não-estruturados, como texto e linguagem natural, bem como novas metodologias de análise e técnicas de data science (ciência de dados) pode melhorar a deteção de padrões de risco e prevenir comportamentos fraudulentos.

Modelos preditivos: Descubra o que são, para que servem e quais são os diferentes tipos? Quais as vantagens sobre os atuais modelos de risco utilizados na deteção da fraude? Quais os desafios para a sua implementação?

 

Programa

Tema 1: Relevância e criticidade do Data Science no setor da Saúde

Tema 2: Deteção de padrões desviantes usando open source

Tema 3: Analítica na Deteção, Investigação e Prevenção da Fraude: Métodos, modelos, desafios, constrangimentos e boas práticas.

O trabalho invisível nos sites da Administração Pública
PT Meeting Center
Sala Academia 3
21 March 2019
10.00 - 12.30
Diogo Costa, Jéssica Domingues

Enquadramento

As fases de design, manutenção e gestão de conteúdos de um site passam por várias etapas de grande importância que muitas das vezes são invisíveis para o utilizador que visita os portais diariamente.

Este workshop tem como objetivo sensibilizar os designers, programadores e gestores de conteúdo para a importância da acessibilidade (promoção da dignidade humana através das tecnologias) e da segurança (integridade, disponibilidade e credibilidade da informação) nos sites da Administração Pública.

 

Programa

  1. Acessibilidade WEB: como gerir conteúdos de forma acessível
  2. Segurança nos Portais: Cuidados a ter na utilização de sites e na produção de conteúdos
  3. Casos práticos
Escrita científica de artigos de informática médica (parte 2)
PT Meeting Center
Sala Academia 2
22 March 2019
10.00 - 12.30
Heimar de Fátima Marin

Enquadramento

A importância da redação de artigos científicos é fundamental para dar a conhecer os estudos e os desenvolvimentos que determinado objetivo de estudo tem vindo a alcançar.

Muitas vezes, é através da partilha de conhecimento por via destes artigos que chegamos a novas linhas de investigação e traçamos novos rumos nas pesquisas que os investigadores assumem nos seus trabalhos. Através da apresentação de alguns exemplos práticos, pretende-se analisar a forma como são estruturados os artigos científicos, analisar algumas noções e regras de aceitação e os cuidados a ter na redação dos mesmos.

Programa

  • Análise de casos práticos de artigos científicos
  • Noções sobre a estrutura de um artigo científico
  • Regras de aceitação dos artigos
  • Cuidados na escrita e regras de citação

 

Área do Cidadão e o registo de saúde eletrónico
PT Meeting Center
Sala Academia 2
22 March 2019
10.00 - 12.30
Cristiana Maia, André Vasconcelos